sábado, 31 de julho de 2010

Chanel no Brasil

Loja Chanel será inaugurada em outubro, São Paulo:
São Paulo - A marca de luxo Chanel vai abrir uma nova loja em São Paulo, em outubro. A grife não comenta sua estratégia, mas Carlos Ferreirinha, presidente da MCF Consultoria, avalia que a empresa ainda tem espaço para crescer no Brasil - mas bem menos do que na Ásia.

Frascos Diferentes?

Sim. Isso existe. Quando você adquire um perfume importado com frasco diferente daquele que você viu em um anúncio ou mesmo na casa de uma amiga, por exemplo, rola uma pergunta: será que comprei gato por lebre? Não. O que acontece é que algumas grifes preferem apresentar embalagens diferentes para cada tipo de concentração de essência comercializado. EAU de TOILLETE, EAU de PARFUM ou PARFUM. Isso ocorre, por exemplo, com OPIUM by YVES SAINT LAURENT. Observe as imagens:


Eau de PARFUM












PARFUM















EAU de TOILETTE













Mas fique esperta(o): Em alguns casos, não há variação na apresentação da embalagem. Por isso, é necessário que você leia no cartucho (caixa) ou mesmo no frasco para saber que versão do produto você está adquirindo. O cheiro é quase sempre o mesmo, com pequenas variações e, em alguns casos, variações mais notáveis. Muda, também, o tempo de fixação, de uma versão para outra.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

EU E MEU PERFUME

ESTE ESPAÇO É PRA VOCÊ QUE QUER COMPARTILHAR COM A GENTE SUAS EXPERIÊNCIAS COM ALGUM PERFUME QUE USA OU COM O QUE MAIS GOSTA DE USAR. CONTE-NOS DAS IMPRESSÕES QUE SE INSINUAM, SE PUDER, DAS CENAS VIVIDAS... VAI SER LEGAL E AINDA VOCÊ COLABORA COM O BLOG. É SÓ CLICAR EM "COMENTÁRIOS". PARTICIPE! NÃO SE ACANHE! FIQUE À VONTADE!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

THE DREAMER

Eis uma das obras-primas da perfumaria masculina e que ainda é desconhecida por muitos.
Insuperável, para muitos apreciadores. The Dreamer é inovador. Criado pela grife Versace, é uma fragrância quente e fresca ao mesmo tempo, ressaltando o cheiro de tabaco em contraste com notas florais e arranjos herbais muito refrescantes. Saída contendo lavanda, notas cítricas e sálvia. O coração é floral e a combinação rosa e tabaco faz dessa fragrância algo muito diferente. Delicado e rústico. Viril e romântico. Suas notas de fundo são persistentes: cedro, abeto (um tipo de pinheiro), vetiver e fava-tonca. Esta última nota lhe garante um toque adocicado, mas longe de se comparar a Le Male, por exemplo. Alguns chegam a classificar a sensação olfativa provocada por esse perfume como intangível. É verdade. Difícil até pra definir. Mas uma coisa é fato: esse tem personalidade!
The Dreamer pertence à família olfativa denominada oriental fougère e foi criado em 1996.

Versace

Gianni Versace, mais conhecida por Versace, é uma famosa marca italiana de moda fundada, em 1978, por Gianni Versace. Após a trágica morte de Gianni Versace, a sua irmã, Donatella Versace, tornou-se a directora artística da marca e o seu irmão, Santo Versace, tornou-se o presidente da marca. A primeira loja desta marca foi aberta em Milão, na Via della Spiga, e começou logo a ser um sucesso. Hoje em dia, a Versace é uma das mais importantes marcas de moda voltada ao luxo e glamour de todo o mundo, desenhando e vendendo roupas, acessórios, perfumes, cosméticos, artigos de decoração para o lar e jóias. Na perfumaria, a marca já se consagrou com obras de mutíssimo bom gosto, como o masculino The Dreammer , o feminino Cristal Noir e a coleção Jeans (Blue Jeans, Red Jeans, etc). Assim como acontece com os perfumes Jean Paul Gautier, as criações de Versace seguem uma linha muito moderna, destacando a mulher e o homem além de suas respectivas virilidade e feminilidade.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Comercial com cara de filme


Continuando a onda de grandes diretores dirigindo comerciais para grandes marcas, agora é a vez da Chanel contratar nada menos que o ganhador do Oscar, Martin Scorsese, para dirigir a propaganda da nova fragrância da marca, Bleu de Chanel.
O perfume masculino, segundo a grife, traz um clima de frescor sexy e a ideia é evocar o mesmo espírito no curta. Estrelado pelo ator Gaspard Ulliel, o comercial será rodado em Nova York e poderá ser conferido somente em setembro.
Notícias UOL

O PASSADO APRISIONADO NUM FRASCO

Quando Maria Bethânia comparou a música ao perfume, ela estava falando do poder que ambos têm de nos remeter a determinados momentos da vida. E como isso é verdade, não é? Quantas vezes o prazer que sentimos ao aspirar um odor de alguma composição aromática se confunde com a dor da nostalgia. Isso mesmo. Eu, por exemplo, já evitei pôr pra tocar certos discos de que gosto. Não por temer o passado, mas por não estar disposto a reviver algum momento. E com o perfume isso é ainda mais forte. Às vezes nos surpreende uma fragrância de alguém que já amamos, de alguém que já perdemos. Ou o cheiro nos lembra uma cena, uma época. Engraçado como mudamos de repente. Como nossa respiração muda de ritmo. Coisa louca, né? É o poder do perfume! Posso listar aqui alguns desses que transformam meu momento e me levam a viagens incríveis. Mas isso não vem ao caso. Só queria compartilhar esse pensamento que rolou na minha cuca (rs). Até mais!

terça-feira, 27 de julho de 2010

CHEIRO DE QUÊ???

Vamos compartilhar alguns depoimentos a respeito das lembranças mais curiosas que os perfumes podem "evocar". Um amigo meu já disse que um determinado perfume o fazia lembrar de tijolo molhado. É mole? Outros, para ele, têm cheiro de plástico novo. É o caso do masculino Diesel Zero Plus. Eu confesso que muitos perfumes produzem relações comparativas bem estranhas em meu cérebro. E vocês? Que tal contar alguma impressão estranha desse tipo?

Perfumes Orientais

Estão entre os campeões no quesito "sedução". São composições quentes, com base em especiarias, como cravo, canela, pimenta, noz moscada, cominho e outras. Indicados para a noite ou dias mais frios, têm, geralmente, ótima fixação. Introduzida no início do século XX, essa família olfativa teve seu apogeu nos anos 80. O principal perfume desse grupo é o poderoso e polêmico Opium by Yves Saint Laurent. Sua composição oriental especiarada, com notas de tangerina, bergamota, ameixa, coentro, cravo-da-índia, jasmim, baunilha, madeira de cedro e sândalo é uma arma para mulheres misteriosas, sensuais e extremamente femininas.
Entre os masculinos, a combinação fougère oriental também é bastante comum: fragrâncias à base de lavanda e madeiras sofrem adição de notas mais densas, mais picantes, a fim de tornarem-se, além de revigorantes, sedutoras.
Atualmente, fazem parte desse grupo também os perfumes da sub-família gourmand, em que as notas orientais combinam-se com odores frutais e gulosos para criarem verdadeiras delícias.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Rive Gauche

Uma criação inspirada na família dos fougère aromáticos. Muito apreciado pelos amantes do já consagrado Azzaro, é uma escolha ainda mais nobre. Bastante sofisticado, percorre muitos e diferentes estilos e satisfaz as exigências de pessoas que tem bastante cuidado ao escolher seu perfume.
As notas de saída são verdes e aromáticas, com alecrim, anis e bergamota. A combinação é exultante e otimista. Aos poucos, revela seu lado cálido que, embora rascante, cria uma atmosfera de aconchego e conforto, outonal,  graças à rusticidade terrosa do vetiver e ao calor romântico do patchouli.
A composição tem como núcleo a lavanda e as folhas de gerânio. É uma composição equilibrada, para o homem seguro de si e de seu poder de sedução. Diferente de muitos, no mínimo.
Lançado em 2003 por Jacques Cavallier, é hoje um perfume não muito popular e até raro em algumas épocas do ano.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Dior

Christian Dior (Granville, 21 de Janeiro de 1905 — Itália, 24 de Outubro de 1957) foi um estilista francês. Filho de um comerciante de fertilizantes da região do Canal da Mancha, desejou ser artista plástico, mas foi enviado para Paris afim de estudar Relações Internacionais, uma vez que o seu pai queria que o filho seguisse a carreira diplomática. Ainda jovem começou a frequentar ateliês de pintura e de desenho, chegando mesmo a pintar alguns quadros. Mas foi a sua habilidade para desenhar roupas que lhe proporcionaram uma carreira internacional. O seu círculo de amigos expandiu-se e conheceu um importante empresário da indústria têxtil, que lhe garantiu patrocínio para a produção de algumas peças. O resultado foi bem sucedido: os seus traços e a visão que tinha do corpo feminino causaram fascínio e delírio e, em 1947 inaugurou a Mansão Dior de [[que o mundo pós-guerra necessitava. Além de causar fascínio pela sua elegância e luxo, o conceito do New Look vinha carregado de extravagância e exagero: vestidos tradicionalmente feitos com 5 metros de tecido, agora usavam até 40 metros. Isso também ajudou a repercussão do conceito permitindo encerrar a mentalidade do racionamento no pós-guerra. Ao longo de sua carreira fez a própria tradução física dos sonhos e da fantasia humana através de seus vestidos. Atualmente nas mãos de John Galliano, a Mansão Dior permanece como ícone da alta costura mundial, fazendo jus aos ideais de seu criador. Também é uma das marcas de perfumes franceses mais respeitadas. Já lançou no mercado grandes obras como Poison, Dune, Miss Dior e Dioríssimo. São criações refinadíssimas e, geralmente, com forte apelo sensual. Está entre as três maiores marcas da perfumaria mundial.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Baunilha

A baunilha é derivada de uma espécie de orquídea. Quando a flor se esvai, depois de fecundada, surgem as favas, que depois de colhidas, são postas para secar. Então ocorre a fermentação que dá origem à essência tão apreciada pela culinária e pela perfumaria. No Brasil temos alguns tipos de baunilha que não são usadas para fins comerciais. Em Iracema, obra de José de Alencar, há uma passagem "fragrante":
"...O favo da jati não era tão doce como o seu sorriso; nem a baunilha recendia no bosque como seu hálito perfumado." Alencar não se refere à baunilha como algo alimentício, mas sim como um odor agradável e de raríssima comparação.
Na perfumaria, a essência de baunilha participa da composição de perfumes orientais. Sustenta as notas florais e frutais, aparecendo ao fundo em combinações com sândalo, pachouli e outras notas amadeiradas. Também aparece junto à especiarias como cravo e canela. São geralmente perfumes femininos, entretanto, ultimamente tem aparecido em combinações masculinas da família gourmand. Também é encontrada em composições fougère-orientais. Os famosos Angel by Thierry Mugler, Hypnotic by Dior, Dolce Vita by Dior e o masculino Le Male by Jean Paul Gautier contêm a baunilha em sua composição.

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dolce e Gabanna - The One

Incenso: uma pitada de mistério!

Algumas fragrâncias conseguem tocar a intimidade do nosso espírito. Criam uma atmosfera capaz de interferir em nosso "ser" e "estar". São atemporais. O odor de incenso, presente em algumas criações, é um dos principais responsáveis por esse efeito.Interessante notar que nem todas essas criações contém, de fato, esse componente, ou seja, muitas vezes, o efeito é obtido com a combinação de resinas, madeiras, flores e ervas. São perfumes de personalidade. Requinte e mistério exalam dos movimentos de quem os usa. Por isso vale citar aqui algumas dessas joias:
Lapidus - masculino
O perfume da balada. Urbano por excelência. Lembra o clima das boates em que se fundem perfume, bebida e cigarro. Nada convencional.
Insensé - masculino
Se me permitem, meu preferido. Tem cheiro de amanhecer. De roupa limpa. Também bastante urbano. Finíssimo.
Kenzo Jungle - masculino
Para todas as ocasiões. Masculino por excelência. Com noz-moscada e benjoim (resina responsável pelo efeito de incenso).

domingo, 11 de julho de 2010

Perfumes Chipre

Talvez uma das famílias olfativas que mais caracterizam a faceta indefinível de um perfume.

São composições arrojadas em que se fundem o musgo com notas cítricas, como as da bergamota. Além disso, podem ocorrer combinas ao patchouli e ao vetiver. São perfumes mais clássicos e sofisticados. O nome Chipre (em grego Κύπρος, transl. Kýpros; em turco Kıbrıs) designa uma ilha situada no mar Egeu oriental ao sul da Turquia, cujo território é o mais próximo, seguindo-se a Síria e o Líbano, a leste. É também o nome do primeiro perfume com essa combinação olfativa, lançado em 1917 por Coty, inspirado na ilha homônima. A partir dessa família, surgiram as variantes Chipre Frutal, Chipre Animal, Chipre Amadeirado, Chipre Verde... Algumas criações primorosas: Dolce Vita by Dior, Cabochard by Grés, Ysatis by Givenchy, Aromatics Elixir by Clinique e o consagrado CK One by Calvin Klein.
O efeito chipre é contrastante e valoriza, e muito, as combinações florais e frutais de um perfume.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Eau de Toilette e Eau de Parfum

São classificações que encontramos nas embalagens dos perfumes internacionais e de até alguns brasileiros. Prestem atenção: essa classificação se refere à porcentagem de essência presente no perfume em relação à quantidade de álcool. Eau de Toilette é mais leve, portanto possui mais álccol e menos essência. Eau de Parfum é menos volátil, pois a porcentagem de essência é maior. Agora... Cuidado: Às vezes um Eau de Toilette pode ser mais fragrante que um Eau de Parfum, pois, por conter mais álcool, evapora com mais intensidade durando, entretanto, menos na pele. Acontece que um Eau de Toilette na Europa, por ser uma região fria, é bem mais forte que uma colônia brasileira. No mercado, há fragrâncias nessas duas versões. Um bom exemplo é o sensualíssimo J'adore by Dior. A mesma fragrância, porém de concentração alcoólica e preços bem diferentes

Organza

Achei belíssima essa publicidade de Organza by Givenchy. Digna do perfume que representa. Notem que a modelo e o frasco estão em perfeita "sincronia". Organza é uma perfume refinadíssimo e extremamente feminino. Impossível não gostar.

Kenzo Jungle L'Elephant


Oriental especiado, do famoso estilista e amante das flores, Kenzo, uma fragrância que contrasta notas frescas, cálidas e cremosas: a saída cítrica especiada (mandarina, cravo e cominho) encontra notas florais intensas mergulhadas em aromas picantes e cremosos de cardamomo, cumarina, manga, baunilha e patchouli. Finalizando, um bálsamo ambarado assina a desafiadora pirâmide olfativa. Nada habitual. Nada comum. Totalmente original. Com forte referência indiana, traz flores intensas e femininas, como ylang-ylang. 
Kenzo Jungle L'Elephant tem algo de ultra-moderno, arriscando-se por caminho que foge à concepção naturalista da marca e instaura um mundo místico e futurista. 
Este é um daqueles perfumes que não passam despercebidos, ou seja, para a mulher que deseja marcar presença e território. Mas cuidado: é uma fragrância que "escolhe" quem a usa. Deve ser usada com parcimônia.

domingo, 4 de julho de 2010

Safari

Trata-se de um sofisticado aroma da família fougère aromático. É sóbrio, sem ser sério demais, e inspira o frescor das tardes nas montanhas. Com notas verdes e um fundo couro/amadeirado,  é a opção certa para o homem clássico e ao mesmo tempo versátil. É o espírito executivo em suas horas de lazer. 
Safari é estimulante, otimista e limpo. As notas de cedro (capazes de conferir uma deliciosa impressão olfativa de algo fresco e amadeirado) ao fundo são nitidamente percebidas, acompanhadas de sândalo, musk e musgo de carvalho e amparando a explosão aromática do estragão, da artemísia e do coentro. 
Seu frasco, imitando uma garrafa de wisk, ostentando um brasão, dá o recado sobre a concepção desse interessante perfume. Um perfume perfeito para um "lord" de espírito jovem e esportivo.

Pau-Rosa: Uma raridade sob os olhos do mundo!

Pau-rosa (Aniba rosaeodora var amazonica Ducke syn Aniba Duckei Kostermans) é uma planta da família Lauraceae, também conhecida por: pau-rosa-mulatinho, pau-rosa-itaúba e pau-rosa-imbaúba.Destaca-se na produção de óleo essencial de aroma agradável, rico em linalol e muito utilizado na indústria de perfumaria. O óleo para fins comerciais é obtido a partir da destilação da madeira.O Brasil é o único produtor de pau-rosa [1] e o primeiro registro de extração aconteceu em 1967. Desde então, estima-se que mais de 2 milhões desta árvore já tenham sido cortadas irregularmente, sem a correspondência de replantio[2]. O perfume Chanel 05, o mais famoso do mundo, tem essa matéria-prima como uma das principais. Curioso notar como o brasileiro muitas vezes não tem noção da importância de seus recursos naturais para o mundo e, mais ainda, para a indústria do perfume. Chanel 05 está na lista dos perfumes mais caros do mercado e é símbolo da moda e da sofisticação francesa. Consumimos aqui esse produto por um preço absurdo (50 ml do extrato dessa fragrância pode chegar a mil (1.000) reais nas lojas do ramo). É claro que o que se vende mais por aqui é a versão Eau de Toilette, mais leve e com mais álcool, o que reduz o seu preço (mesmo assim pode custar até trezendos e cinquenta reais - 50 ml). Hoje, devido aos programas de preservação da espécie (pau-rosa), os laboratórios desenvolveram a essência sintética, em laboratório, mas há ainda aqueles que pagam fortunas para um exemplar do perfume artesanal, da maneira como "veio ao mundo". E vão-se as árvores brasileiras para a indústria...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...